27 de fev de 2012

Caroline Momma . *-*

Quero, não posso.

Ainda penso
Ainda sonho
Ainda lembro
Ainda quero.

O que quero
É esquecer
E recordar
Ao mesmo tempo.

Não quero
Que se desmanche
Nos meus sonhos
O que não é real.

Quero
O abraço que faltou
Ler palavras encantadoras mais uma vez
Escutar o telefone tocar o tempo todo
Matar a saudade que não passa.

Mas não basta só querer
Ainda existe o poder
E eu não posso
Não posso nem querer
Estou perdida
Entre o querer e o poder.

2 comentários: