11 de dez de 2012

Para minha vó

Talvez eu não diga muito, talvez eu nem demonstre muito, mas eu amo demais a minha vó. Se não a mais, ela é uma das pessoas mais importantes da minha vida. Eu a vejo lutando. Contando os míseros centavos de uma aposentadoria pequena de professora para ajudar as pessoas. E não por obrigação. Por amor. Eu a vejo lutando contra dores causadas pela idade para manter a casa impecável. E olha.. Garanto que nunca entrei em uma casa tão impecável quanto a dela. A vó que faz tudo por mim. Que toda vez em que eu entro na casa dela, abre um sorriso e sempre tem algo novo, algo diferente. Nem sempre é fácil. É claro que as vezes discutimos. Eu sou teimosa demais. E ela.. Bem.. Ela também. Ela não fica feliz com todas as minhas decisões. Ela não gosta de tudo o que eu faço. Ela gostaria que eu fizesse coisas de outro jeito. Ela, às vezes, fala um pouquinho demais. Mas ela sempre será alguém que eu amo. E que eu cuidarei. Eu serei capaz de amá-la ainda mais em todas as vezes em que eu saber que alguém não a ama. Em todas as vezes que eu souber de alguém que não queria dar atenção à ela, eu serei capaz de dar ainda mais atenção à ela. Hoje eu ligarei para ela apenas para dizer o quanto a amo. E, a cada vez em que eu souber de alguém que a procurou apenas por interesse, eu a procurarei para dizer o quanto me importo com ela. E eu a protegerei de todas as verdades que poderão machucá-la. Afinal, foi ela quem deu meu primeiro banho, que saía para passear comigo todas as tardes. Que auxiliou minha mãe a cuidar de mim em todas as vezes em que eu fiquei doente - e posso garantir que não foram poucas. E não é por obrigação que desisto de fazer diversas coisas para ir para a casa dela nos finais de semana. É por amor. Por saber que ela precisa de mim lá. E, mesmo sabendo que talvez ela nunca lerá isso - já que ela não tem o menor talento para tudo o que envolva computadores ou celulares - , eu escrevo. Para demonstrar o quanto a amo e o quanto queria que ela fosse eterna, pois não consigo ver minha vida sem ela.
Vó, vovó ou até mesmo "vavá".
Eu amo você. ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário